Bilocações e acessos a outras consciências

PUBLICADO EM: POR: Michaela

Tipo de video: Seriado
Nome: Sense 8
Temporada: 01
Episódio: 04

"Você não é mais apenas você"

O que quer dizer ser multidimensional? O que realmente quer dizer "SOMOS TODOS UM"? Na 5ª dimensão e acima, a separação dos Seres em corpos diferentes é meramente um estado "físico", mas as suas consciências não estão mais separadas.

Na 5ª dimensão e acima não existe distância para a consciência. Aqui na 3D também não existe, mas nós não nos damos conta disto. Na 5ª dimensão e acima os Seres são telepáticos e temos ciência das leis energéticas que nos regem. Feitos de energia e imensos em energia, nos conectamos através dos nossos campos áuricos uns aos outros, "chamamos" uns aos outros pelo pensamento ou sentimento ao outro e a pessoa instantaneamente percebe e recebe a energia e o pensamento que você está enviando para ela (leia mais sobre bilocações aqui). Aqui na 3D o processo é o mesmo, mas se dá de forma inconsciente. Não percebemos as energias que estamos enviando uns aos outros ou que estamos recebendo dos outros. As conexões psíquicas passam desapercebidas. Não é só o fato de a densidade extrema atrapalhar este processo de interconexões, mas também o estado de densidade pessoal a que nos encontramos que atrapalha que nós percebamos uma energia como sendo de outro e não de nós mesmos.

Nós percebemos e reconhecemos uns aos outros no Universo através de nossas assinaturas energéticas. A assinatura energética é a sua energia característica. Como uma digital energética, cada Ser do Universo tem uma distinta. É assim que reconhecemos pessoas com quem interagimos em outras encarnações, mesmo estando em corpos diferentes: você sabe que conhece aquela pessoa de algum lugar, mas não se lembra de onde. É também assim que reconhecemos pessoas durante o sonho ou projeção astral à noite, mesmo que a aparência da pessoa esteja diferente: você sabe que é aquela pessoa pois está reconhecendo a energia dela.

No video, Jonas explica a Will como fazer o contato com outras pessoas que não são do mesmo grupo que o dele. O grupo a que Jonas se refere são os outros Eus do Will, que estão encarnados junto com ele, suas almas gêmeas, da mesma Mônada que Will (O que são almas gêmeas? O que é Mônada?)

Jonas explica que pessoas da mesma Mônada contactam umas às outras instintivamente. Isto acontece porque nós nos reconhecemos uns aos outros, as nossas assinaturas energéticas. Estamos todos interligados pois somos partes uns dos outros, e estamos contantemente nos procurando. Assim, sempre conseguimos nos encontrar. É comum inclusive ser acessado pelo Eu Superior de uma das suas almas gêmeas: neste caso, pode ser que a pessoa tenha uma missão ou um trabalho a cumprir com o Eu Superior da sua alma gêmea.

Acessar pessoas que não são da sua Mônada requer que você conheça a assinatura energética da pessoa. Mas por que é preciso ver os olhos da pessoa para ter acesso a ela?

Em primeiro lugar, para acessar alguém é necessário que você saiba que aquela pessoa existe. Para alguns Seres, o nome do Ser ou do Grupo já carrega a sua energia, que os identifica, como: Jesus, Mãe Maria, Os Arcturianos. Então nestes casos você não precisaria estar olhando uma foto deles para ter contato com eles, somente focando nos nomes você já tem acesso à egrégora deles.

Tirando estes casos em particular, é preciso que se veja os olhos pois pelos olhos é que se tem acesso ao fragmento de Alma que está contido naquele corpo. Se você olhar uma foto em que a pessoa está de óculos escuros, por exemplo, você pode ter contato com a aura dela, com a energia que circunda o corpo, mas não terá acesso à pessoa diretamente.

Isto parece ficção, mas posso assegurar que é verídico. De fato, meu pacientes sabem disto, pois sempre peço a eles uma foto em que apareçam os olhos para realizar os tratamentos à distância (sobre o meu trabalho). É pela foto, olhando os olhos, que eu tenho acesso aos corpos sutis para iniciar os tratamentos à pessoa.

Posts Relacionados:
Comentar Post:




Comentários:
Jean [ email / Site ]
Comentado em: 09/04/2017
Muito inspirador o site de vocês. Dá pra sentir uma energia de pureza muito forte, o que me faz querer confiar e absorver todos os textos. Engraçado que estava prestes a começar a ler o livro "Os Surfistas do Zuvuya - Uma Viagem Interdimensional", com o capítulo 1 aberto, quando pego o meu celular e sabe lá por qual tipo de mágica tava o site de vocês aberto em uma guia do chrome. Como foi parar ali só o engenheiro da sincronicidade que programou esse movimento sabe, rsrs. E me deparar com esse site cheio de histórias interdimensionais foi um presente. Coloquei em todos os favoritos possíveis aqui. Gratidão por cumprirem com tanta coragem e entrega o propósito de vocês aqui no nosso querido planeta! Um abraço!
Cinthia [ email / Site ]
Comentado em: 17/04/2017
Oi Jean,
Gratidão imensa pelos elogios! Amei o seu relato!
As sincronicidades que só os nossos guias sabem como que acontece rsrs
Paz e luz!