Retomada da pirâmide do Centro-Oeste

PUBLICADO EM: POR: Michaela

Este trabalho ocorreu hoje, às 9 horas da manhã.

Me vi flutuando no céu, e abaixo de mim havia uma cidade. Depois me foi mostrado que a cidade e os prédios se estendiam por todo o litoral. Era uma cidade grande, com prédios altos e muito populosa. Perguntei o que deveria fazer e me mostraram que eu deveria transmutar as energias densas da cidade. Vi as energias densas fazendo a cidade “queimar” mais quente do que deveria, aumentando desnecessariamente o calor do clima. Então comecei a enviar chama violeta para a cidade e vi que a energia que eu enviava descia ao longo do litoral.

Pude ver o cenário mais de cima e percebi que estava olhando para o litoral brasileiro. Subindo mais ainda o foco, percebi que via desde o Rio de Janeiro até o final do continente da América do Sul no Uruguai. A energia que eu enviava era como uma brisa transmutadora que fazia as densidades se dissolverem. Pensei em pedir ajuda e me veio na mente invocar os dragões, então eu fiz. Vi um dragão branco surgir no céu ao meu lado e ele começou a soprar um fogo branco purificador para todo o litoral. Eu e o dragão passamos a enviar as energias juntos para transmutar as densidades. Tentei expandir a área de transmutação para todo o continente, para o interior e para os Estados mais acima, mas a energia se concentrava ali, entre o Rio de Janeiro e o...

[ Ler mais ]


Trabalho de Limpeza em Vórtex

PUBLICADO EM: POR: Argam

Ao começar minha concentração na meditação aqui em casa, após cantar uns mantras e me visualizar no parque PL com a equipe, escuto um mentor me pedindo para reforçar minha barreira de proteção. Eu faço isto e depois sou informado de que iríamos à uma zona ajudar em um resgate.

Quando chegamos no lugar de repente eu me vejo usando vestes que me lembram as vestes usadas por sacerdotes, diferente de como estava antes, era até parecido com aquelas vestes que as vezes vemos em filmes, usando um cajado, que pareciam fazer parte de um nível meu.

O lugar é um imenso vale creio que na quarta dimensão, rodeado de montanhas que parecem cânions e eu fico alojado na borda de um destes cânions. Posso ver tudo. São à primeira vista milhares de pessoas lá em baixo, elas estão em situação precária, parece até ser um grande acampamento de refugiados, mas a diferença é que elas estão mantidas ali à força pois há inúmeros seres escuros vestidos como soldados, e todos eles armados até os dentes e preparados para uma guerra. Eles gritam e ameaçam não só à nós que estamos ali quanto...

[ Ler mais ]


Conexão com a Árvore do Universo

PUBLICADO EM: POR: Argam

Primeira meditação “oficial” depois do encontro em Curitiba.  Estamos em Outubro, no início da primavera, que como estação de transição e mudanças, trouxe um turbilhão de energias à cidade, que agora passa pelo período de eleições.

Ao longo das semanas anteriores me questionava sobre qual seria o foco do trabalho, da visualização, pois aparentemente as necessidades eram muitas: crises políticas, econômicas e humanitárias eclodindo e outras na eminência; a limpeza energética de Gaia pelas atividades sísmicas e tempestades (que ainda são vistas por muitos como “desastres naturais”). Tudo isso em ebulição ao mesmo tempo ao redor do mundo.

Ao chegarmos no PL e iniciarmos nossa roda em local diferente fomos recebidos por um grande e amoroso guardião que muito amorosamente aceitou sentar-se conosco na roda e partilhar suas energias no trabalho.

Tive, antes de iniciarmos a intuição do que poderia ser feito a respeito de todas essas energias tumultuosas da grande mudança, de como poderíamos ajudar na harmonia desse processo. O entendido foi que tudo estes problemas eclodindo eram como uma grande tempestade, que vinha abalar e limpar estruturas em todos os níveis. Um furacão.

Uma vez que...

[ Ler mais ]


Ativação de portal multidimensional no Portal do Sol

PUBLICADO EM: POR: Michaela

Eu já estava no Brasil há alguns dias, mas não me sentia totalmente ancorada aqui. Desde que cheguei estava tendo muitas visões e me sentia em muitos lugares diferentes ao mesmo tempo, mas só tinha as sensações, não conseguia ver onde eu estava.

Então, na noite de 28 para 29 de setembro, eu deitei no sofá da sala para assistir um filme, mas peguei no sono antes de conseguir ligar a tv. Eu biloquei para uma linha temporal paralela em que eu não voltei para o Brasil no dia 26. Ao invés disto, segui viagem para Machupicchu e depois de lá retornei para a cidade de Ollantaytambo, onde fiquei hospedada alguns dias. Nesta linha temporal, eu fiz um trabalho nas ruínas da cidade:

Na manhã do dia 29, bem cedo, eu acordei no quarto ho hotel e comecei a me preparar para a ativação que iríamos fazer nas ruínas, na parte alta da cidade. Comecei a sentir algumas energias de resistência, mas chamei as hierarquias para me protegerem e tudo foi se acalmando aos poucos.

Me concentrei no Portal do Sol e vi que estava de pé com vestes longas e brancas e que todo o lugar estava livre das ruínas das pedras que estavam pelo chão quando eu fui visitar a cidade no tour do dia 25. Ao invés disto, as pedras grandes se encontravam ao redor do local, ordenados de uma forma que parecia com...

[ Ler mais ]


Resgate na cidade arqueológica de Pisac - Peru

PUBLICADO EM: POR: Michaela

Acordei cedo para ir em um tour pelos arredores de Cusco. Era meu último dia na cidade antes de seguir viagem de volta para casa.

Quando entrei no ônibus do tour, fui contactada pelo Mestre Saint Germain, que com muito carinho me informou que eu iria auxiliar em uma missão durante o meu passeio. Eu fiquei muito feliz, pois não esperava e autorizei e agradeci o auxílio de entidades que vieram até o meu corpo e começaram a me preparar para a missão. Eu ainda não sabia o que iria acontecer ou aonde, mas vi que seria uma ação em conjunto com a Federação, pois eu os via no interior de naves pela minha tela mental, e sentia a energia deles junto ao Mestre e às entidades que vieram me ajudar.

Foi quando eu desci do ônibus para entrar com o grupo turístico na cidade arqueológica de Pisac que os meus mentores começaram a me contar sobre a tarefa que iríamos fazer ali:

 

 

A cidade de Pisac era um complexo de casas que durante o império Inca servia de moradia para muitas famílias. As casas eram construídas no topo de uma montanha e na montanha ao lado as pessoas escavaram buracos na rocha e colocavam as múmias de seus...

[ Ler mais ]


Meditação de Equinócio de 22/09 em Cusco

PUBLICADO EM: POR: Michaela

Depois da ativação da pirâmide no Atacama, eu tive muita dificuldade em me aterrar. Me via ao mesmo tempo em San Pedro de Atacama e no interior de uma nave da Federação, em uma reunião. Havíamos comemorado o sucesso da missão e já nos encontravámos planejando os próximos passos. Eu senti sono o dia inteiro.

No dia seguinte, ao acordar, tive uma visão de um templo em uma cidade nos arredores de Cusco. Junto com esta visão, recebi o download de um pacote de informações na linguagem de luz com os detalhes dos próximos passos da missão, e fui comprar as passagens para seguir viagem. Eu tinha 2 dias em San Pedro e depois deveria seguir para Cusco-Peru. A malha de trabalhadores da luz iria se rearrumar em novos locais para a próxima ativação, que aconteceria no dia 22 de setembro, durante o Equinócio.

O momento da segunda ativação, no local e hora definidos:

Vejo dragões verdes voando no céu. Estou dentro do templo dourado no interior de Gaia novamente, e meus irmãos e irmãs estão lá comigo. Novamente estamos caminhando pelo templo. Ele possui altas colunas brancas e fora dele eu vejo muita vegetação e flores coloridas. Não...

[ Ler mais ]


Eclipse de 16/09 no Atacama - O Eclipse

PUBLICADO EM: POR: Michaela

O momento do eclipse (textos anteriores aqui e aqui):

Em um primeiro momento, senti uma energia forte de ativação na minha cabeça e fechei os olhos. Me vi percorrendo muitos caminhos, como estradas que levavam a casas e ao passar por dentro destas casas, haviam mais estradas. Ao final, vi alguns Seres que pareciam muito antigos. Vestiam vestes com símbolos, eram pequenos, magros e com rostos finos e cabeças com o topo largo, e carregavam energia em forma de geometrias sagradas de pura luz em suas mãos.

Eles me olharam com muito carinho e me ajudaram a me livrar de uma energia densa que ainda restava no meu corpo e que me causava desconforto enquanto eu estava naquele local com eles. As minhas densidades saíram de mim, junto com o que pareceu ser todo o meu envólucro do corpo físico, como uma roupa que eu estava vestindo e tirei, e eu vi que por debaixo do meu corpo eu tinha um corpo igual ao deles! Eu falei: "eu sou como vocês?" E eles responderam sorrindo. Colocaram nas minhas mãos algumas energias em forma de geometrias, e algumas delas se pareciam com a flor da vida!. Ao pegá-las, senti que elas se uniam a mim. Eles então "jogaram" outras geometrias pelo...

[ Ler mais ]


Eclipse de 16/09 no Atacama - Conexão

PUBLICADO EM: POR: Michaela

A fase de preparações pressegue, e eu sinto os mentores energizando a minha cabeça. Eles instalam ao redor da minha cabeça uma tiara de fios prateados com um cristal na frente do meu terceiro olho, igual ao que a Federação instalou no meu Eu bilocado na nave. Com este cristal, percebo que estou enxergando melhor, as cores estão mais vivas, tudo fica mais claro.

Os mentores dizem que eu devo pedir a ajuda dos pleiadianos e eu peço. Começo a sentir a presença da minha hierarquia pleiadiana e vejo na minha tela mental uma tenda indígena. Entendo que eu devo entrar na tenda e imadiatamente me vejo lá dentro. Estou cercada por espíritos xamãs. Eu agradeço a ajuda deles e eles começam a trabalhar o meu corpo, e eu sinto os efeitos no meu corpo físico diretamente.

Dos chackras dos meus pés começam a sair tubos dourados que descem até o centro da Terra. Quando eles penetram no Sol Central de Gaia, a minha consciência desce por este tubo e eu me vejo entrando num espaço todo de névoa dourada. Vejo que alguns irmãos trabalhadores da luz já estão lá. Estão em roda, de mãos dadas, e eu vou até eles e entro na roda com eles, dando as mãos também. Estamos todos vestindo vestes e vestidos dourados, que brilham em pequenos pontos de...

[ Ler mais ]


Eclipse de 16/09 no Atacama - Preparações

PUBLICADO EM: POR: Michaela

Depois do Encontro de Curitiba, fui guiada pelos mentores a seguir viagem para San Pedro do Atacama. Fazia meses que eu tinha visões de estar no deserto do Atacama e em Cusco. Nas minhas visões, eu sentia como se eu já estivesse nestes lugares. As visões aconteciam sempre em momentos em que eu estava trabalhando ou andando na rua, ou fazendo alguma coisa acordada. De repente eu me via naqueles lugares, nitidamente, como se estivesse lá, sentia o cheiro, o tato do vento, tudo exatamente como se fosse real (e era real). Eu estava saindo do tempo e bilocando para o meu Eu futuro que já estava nestes lugares. Nestas bilocações, eu tinha a sensação de que estávamos testando várias possibilidades de como as coisas poderiam acontecer, depois retornando ao tempo e fazendo de novo, de outras formas. Eu sempre me via sozinha, mas eu sentia que não estava sozinha, que tinham muitas pessoas lá comigo.

Faltando 1 mês para ir para Curitiba, eu pedi para os mentores me mostrarem o que eu iria fazer lá no Atacama, e eles mostraram na minha tela mental uma pirâmide azul etérea no meio do deserto. Depois esta pirâmide ficava toda branca e a luz dela irradiava para todos os lados. Ao fazer a mala para ir pra Curitiba, os mentores me instruíram a colocar o passaporte na mala e levar mais roupas. Mas foi só quando o Encontro terminou que...

[ Ler mais ]


Energias de Transmutação do Grande Sol Central

PUBLICADO EM: POR: Michaela

(Leia sobre o trabalho de meditações do nosso grupo aqui.)

No dia anterior ao encontro começamos a receber intuições sobre o nosso trabalho de domingo. Recebemos a intuição de que o trabalho teria alguma conexão com o Grande Sol Central (e uma das trabalhadoras da luz foi guiada a textos na internet falando sobre o Sol Central), recebemos a intuição de que o trabalho seria abençoado e teria a participação da Mestra Nada e de que seria uma transmutação de energias envolvendo a geometria da flor da vida.

No dia do encontro, a caminho do Parque Lage, uma das trabalhadoras recebeu a informação de que nós usaríamos os nossos corpos para ancorar as energias que chegariam do Grande Sol Central, que entraria pelo nosso coronário e se concentraria no nosso coração superior, e nós deveríamos propagar esta frequência/luz do Grande Sol como um pulso, que sairia dos nossos corações e se espalharia desde o Parque para fora, formando o desenho da flor da vida. E na noite anterior, uma das trabalhadoras que não poderia participar, durante uma meditação, se viu no Parque ancorando as energias do Grande Sol Central no seu pequeno espaço do coração e...

[ Ler mais ]